INSCREVA SEU E-MAIL

NO FACEBOOK

segunda-feira, 6 de junho de 2011

ABPMP, IIBA, BPM CBOK, BABOK e outras dúvidas

Olá Pessoal,
Estou de volta.
Hoje recebi um e-mail muito bom e que funcionou como o gatilho para criação deste Post. Agradeço mais uma vez ao colega de profissão, e assíduo leitor, Wellington Hayner – MT, por ter me contatado novamente e instigado essa minha contribuição. Aliás, o mais legal de receber tantos e-mails, é justamente ler questionamentos sobre a profissão, a disciplina de BPM, outros assuntos correlatos, e com isso, ter uma medição constante de nossa maturidade.
Bom, vamos ao que interessa. 
Já perdi a conta de quantas vezes me perguntaram:

- Qual a diferença entre o BABOK e o BPM CBOK?
- Qual a diferença entre Analista de Processos e o Analista de Negócios?
- Qual a diferença entre a ABPMP e o IIBA?

Sendo assim, e para ajudar tantos colegas que com a mesma dúvida, resolvi escrever este sucinto post.

De forma bastante resumida, respondo:

- Qual a diferença entre o BABOK e o BPM CBOK?

BABOK – Business Analysis Body of Knowledge – é um guia criado e mantido pelo IIBA (International Institute of Business Analysis) que descreve as Áreas de Conhecimento, Atividades e Habilidades para a prática de Análise de Negócio.
O BABOK trata dos Conhecimentos relacionados às atividades de Análise de Negócio com intuito de elucidação geral de requisitos entre áreas de negócio das organizações e a definição de soluções.
BABOK diz respeito à criação de pontes entre Áreas de Negócio e a Tecnologia. Mais ainda – diz o que é preciso para traduzir as necessidades do negócio para pessoas “não-diretamente-relacionadas-ao-negócio”.


BPM CBOK – Business Process Management Common Body of Knowledge – é um guia criado e mantido pela ABPMP International (Association of Business Process Management Professionals). Este guia descreve os conhecimentos comuns da prática de gerenciamento de processos de negócio no mundo, descrevendo suas Áreas de Conhecimento, Princípios, Técnicas, Tecnologias, Atividades e o Código de Ética profissional.
O BPM CBOK trata dos Conhecimentos necessários para a realização do Ciclo de Vida do Gerenciamento de Processos de Negócio, tratando desde o Alinhamento Estratégico, a Orientação a Clientes, o Entendimento, Modelagem, e Transformação de Processos, a melhor Alocação de Pessoas e Ferramentas (incluindo TI), e finalmente, do estabelecimento das estruturas necessárias para a Gestão Corporativa Por Processos.

Para ficar mais claro, posso resumir da seguinte forma:

BPM é uma mudança pragmática da forma de pensar, realizar e gerir uma organização. É uma mudança conceitual. BPM é para romper com as percepções isoladas das áreas funcionais, é ultrapassar toda e qualquer fronteira organizacional em direção a melhor realização do propósito do negócio.
É criar e gerir uma organização a partir de uma perspectiva externa (Foco Do Cliente).


Análise de Negócio é focar na eliminação de pontos de erro (equívocos) na definição dos requisitos para proposição de melhorias (TI ou não). É uma abordagem que está diretamente relacionada à permanência dos Silos Funcionais e da sua constante necessidade de elucidação de entendimentos.

  
- Qual a diferença entre Analista de Processos e o Analista de Negócios?

O Analista de Processos é o profissional com as habilidades necessárias para promover corporativamente a visão horizontal e interfuncional dos processos com orientação ao propósito do negócio, cuidando dos processos primários, de gestão e de apoio conforme as práticas definidas da Gestão Por Processos da organização.
Pode-se dizer que um Analista de Processos tem por missão auxiliar os Donos de Processos no diagnóstico e na proposição de melhorias contínuas.
A proposta é que o foco esteja nos Processos interfuncionais e com Visão do Cliente.

O Analista de Negócio é o profissional com as habilidades necessárias para angariar e traduzir as necessidades das partes interessadas – unidades de negócio e áreas funcionais. Além disso, pode apoiar a análise de cenários do negócio e proposição de melhorias em sistemas, processos etc. Tradicionalmente, o foco está na tradução das necessidades das áreas e suas percepções sobre as melhorias no negócio e tecnologias de apoio.

Alguns outros pontos interessantes:
  1. Para ser Analista de Processos é essencial conhecer BPM.
  2. Para ser Analista de Negócios não é necessário conhecer BPM.
  3. Um Analista de Negócio não precisa conhecer modelagem de processos com BPMN.
  4. Um Analista de Processos precisa conhecer muito bem BPMN – e o mais rápido possível.      
  5. Um Analista de Negócio não precisa conhecer ferramentas de automação, gestão e monitoramento de atividades de processos (BPMS).
  6. Um Analista de Processos precisa conhecer a Arquitetura Básica dos BPMS, e se possível, ao menos uma ferramenta de BPMS.
  7. Tanto o Analista de Negócio, quanto o Analista de Processos, não precisam ser “pessoas de TI”.
  8.  Uma melhoria de processos é representada em um diagrama de processo.
  9. Uma melhoria de negócio pode ser representada de diversas formas.
  10. Uma melhoria de processos, que utiliza BPMS, será executada e gerenciada exatamente conforme as atividades definidas no processo descrito em sua situação futura (To Be).
  11. Uma melhoria de negócio tradicional poderá demandar desenvolvimento de software.
  12. Uma melhoria de processo com BPMS permite que “o pessoal do negócio” especifique, valide e publique para execução sistêmica a nova realidade do processo – sem desenvolvimento de software em boa parte das vezes.
  13. Profissionais de BPM podem ser donos de processo, gerentes de processo, analistas de processo, arquitetos de processo, enquanto analistas de negócio - tradicionalmente - atuam como analistas de negócio - Contribuição de meu colega JDFurlan.com.br
Bom, a lista pode continuar, mas encerrarei por aqui. 
Acho que já é possível ter uma ideia das principais diferenças. Certo?

Para encerrar o post, a última pergunta:

- Qual a diferença entre a ABPMP e o IIBA?

A ABPMP é uma Associação Internacional de Profissionais de Gerenciamento de Processos de Negócio, sem fins lucrativos, conduzida por profissionais da área, e com presença na maior parte do mundo. Fundada em 2003 nos EUA é independente de fornecedores e dedicada à promoção dos conceitos e práticas de BPM.
Missão

  • Promover a prática de Gerenciamento de Processos de Negócio.
  • Desenvolver o conjunto de conhecimentos comuns nesta área.
  • Contribuir para o avanço e desenvolvimento das competências profissionais dos que trabalham nesta área.
A ABPMP Brasil já é o maior Chapter do mundo e segundo maior em número de profissionais certificados CBPP. Seu objetivo é transformar o País na maior potência mundial em Gerenciamento de Processos de Negócio.
Para saber mais: http://www.abpmp-br.org/

O IIBA é uma associação sem fins lucrativos que tem como objetivo facilitar o trabalho do crescente número de profissionais que atuam na área de análise de negócios.
A análise de negócios possibilita entender a estrutura, as políticas e operações de uma organização e recomendar soluções para que uma organização atinja seus objetivos.
O analista de negócios age como elo entre os integrantes de uma organização para obter, analisar, comunicar e validar necessidades de alterações em processos, políticas ou sistemas de informação. Ele entende os problemas e as oportunidades e recomenda soluções.
Seja qual for a sua responsabilidade – levantamento de requerimentos, análise de sistemas, análise de negócios, gerenciamento de projeto, melhoria de processos – o IIBA tem como objetivo facilitar o seu trabalho.
Fonte: http://www.theiiba.org.br/


Grande abraço para todos. 
Espero ter ajudado!


Gart Capote

8 comentários:

Sérgio Vianna disse...

Altamente elucidador ! Profissão nova precisa disso ! Imagine quando as práticas de medicina começaram mas não existiam profissionais ? Ainda bem que hoje a Internet nos ajuda bastante na divulgação de conceitos nesta difícil arte de gerir o "como" com base no foco do cliente !

Sergio R. Calura disse...

Parabéns Gart, muito clara e esclarecedora suas explicações.

Augusto Cezar Garcia Lozano disse...

Obrigado. Além de esclarecedora posso dizer que para mim de certa forma determinante...rsrsrs

Um grande abraço!

Anônimo disse...

Ola Gart

Otima sua descricao, esclare bem as duas funcoes.

Walter Kock
Aluno CFGP-2011

Mônica L A V Pires disse...

Ótimos esclarecimentos.
Muita gente se confunde sobre as atribuições e atuação destes profissionais.
Eu tive que buscar na rede e em pontos distintos estas diferenças.
Você consolidou e clareou bastante as especificidades de cada papel.

Abraços e obrigada,
Mônica

Gart Capote disse...

Sergio, Calura, Augusto, Walter e Mônica,
Obrigado pelos comentários!

É um prazer colaborar e ajudar.

Em breve tem mais.
Grande abraço
Gart

Vanessa Lopes disse...

Adorei o post! Aproveito para parabenizá-lo pelos seus dois livros publicados até o momento. Li os dois, eles foram fundamentais para a minha atualização.

Gart Capote disse...

Obrigado Vanessa.
Fico feliz em ajudar.