INSCREVA SEU E-MAIL

NO FACEBOOK

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Conceitos Fundamentais de BPM | Tipos de Processos de Negócio

Olá Pessoal!

Continuando com a série de posts sobre conceitos fundamentais para o Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM), a seguir apresento algo bastante elementar, mas que ainda causa muita confusão em treinamentos e outros eventos relacionados ao tema.

Lembrando que, o meu livro de BPM "Guia para Formação de Analistas de Processos", possui todas essas informações com diagramas ilustrativos e muito mais.

Não posso deixar de pedir que visitem meu novo site www.GartCapote.com
Em breve centralizarei o blog, os sites dos treinamentos e tudo mais nesse único endereço.

Abraços,
Gart Capote


Tipos de Processos de Negócio
Os processos de negócio são agrupados basicamente em três tipos, respectivamente:


Processos Primários (Finalísticos)
Relação direta com os clientes.
São os processos que ultrapassam qualquer fronteira funcional corporativa e possui como sua mais marcante característica, o contato direto com os clientes. Os processos primários, também conhecidos como Finalísticos – ou core process – quando agrupados aos outros processos primários tendem a traduzir a cadeia de valor das organizações.
Segundo Michael Porter, e em uma livre tradução, a cadeia de valor é um agrupamento corporativo estruturado entre atividades primárias e atividades de suporte.


Resumo de características:
  • Visão ponta a ponta e interfuncional
  • Entregam valor ao cliente
  • Representam as atividades essenciais de uma organização
  • Realizam a cadeia de valor
  • Pode percorrer organizações funcionais, departamentos, e até mesmo outras organizações
  • Permite uma visão completa da criação de valor

Processos de Suporte ou Apoio
Colaboram com a realização dos processos primários.
São os processos estabelecidos formalmente na organização e que visam dar suporte aos processos primários. Possuem como características marcantes a ausência de relacionamento direto com os clientes, e também, o forte e evidente vínculo à visão funcional tradicional, mas processos de suporte também podem ser interfuncionais.

Apesar do nome caracterizando uma hierarquia inferior aos processos primários, possuem impacto direto na capacidade de realização e entrega dos processos primários. Portanto, são processos extremamente delicados e que devem ser alvo de avaliação conjunta com os processos primários.

Resumo de características:
  • Visão especializada e funcional
  • Grande impacto nos processos primários
  • Não entregam valor diretamente ao cliente
  • Sustentam a realização dos processos primários

Processos de Gestão ou Gerenciais
São processos estabelecidos formalmente e com o intuito de coordenar as atividades dos processos de apoio e dos processos primários. Deve buscar garantir que os processos por ele gerenciados, atinjam suas metas operacionais, financeiras, regulatórias e legais.

Resumo de características:
  • Medição
  • Monitorar
  • Controlar
  • Ajudam na garantia da eficiência e eficácia da organização e seus processos
  • Não entregam valor diretamente ao cliente

Até o próximo post!

2 comentários:

DANIEL SALLES disse...

Gart,

Pra mim, o mais desafiador hoje em dia é o processo primário, pois com as redes sociais e processos de compras on line, diariamente os perfis de clientes podem mudar. Por isso os processos também devem sempre ser revistos de forma a atender as novas demandas de mercado.

Jorge Miranda disse...

Por isso que uma das características dos processos é a Dinamicidade. Os processos tendem a se adaptar ao mercado (Ou pelos, esse deveria ser o intuito) para atender de forma eficiente os clientes que, a cada dia, estão mais exigentes!